segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Restauração de Móveis no Solar do Rosário

Divulgação

LE BRISTOL PARIS EXIBE “FLOWER MOON” OBRA POÉTICA DE UGO RONDINONE

Divulgação


O consagrado artista suíço baseado em Nova York faz uma interpretação magistral de uma oliveira de 2000 anos em alumínio fundido em exibição até 15 de novembro nos jardins do icônico hotel parisiense
Com “Flower Moon”, Rondinone congelou esta árvore ancestral, impedindo o processo de envelhecimento. Embora o trabalho desafie a passagem do tempo e da morte, o artista conserva os traços da longa e tumultuada vida da árvore. Rondinone criou uma série de doze oliveiras de 1500 a 2000 anos de idade, cada uma com uma nomenclatura que significa a lua cheia para aquele mês, como "Snow Moon" para fevereiro e "Strawberry Moon" para junho.
O trabalho de Rondinone abrange uma ampla paleta criativa desde paisagens românticas desenhadas com India ink até esculturas luminosas. O artista geralmente inclui elementos como lâmpadas, máscaras e, neste caso, árvores, sempre conferindo uma dimensão poética isolando, ampliando e recriando-os em materiais específicos.
Desde 2012, Le Bristol Paris iniciou encontros com  artistas contemporâneos consagrados convidando-os para ocupar os jardins do hotel. Abrigado do ritmo frenético da cidade, este paraíso sofisticado é um cenário original para mostrar  obras de arte meditativa.
Com “ Flower Moon”, o hotel endossa uma vez mais sua posição privilegiada com mais uma parceria de prestígio no mundo das artes, trabalhando em colaboração com a renomada Galeria parisiense Kamel Mennour e com a curadora Florença Parot, ex-chefe da prestigiosa coleção de vídeos do Centro Pompidou.
“Flower Moon”, de Ugo Rondinone: até 15 de Novembro no Jardim do Le Bristol Paris.

Photo Caption:
Ugo Rondinone, Flower Moon, 2011
Cast aluminum, white enamel
© Ugo Rondinone
Photo. Ugo Rondinone Studio
Courtesy the artist and Kamel Mennour, Paris, London
Le Bristol Paris

Sobre a Oetker Collection
A Oetker Collection é uma das mais seletas coleções de hotéis masterpiece do mundo. A denominação "Masterpiece Hotels" traduz a promessa, o compromisso de oferecer um serviço da mais alta qualidade. O grupo abarca hotéis icônicos pelo mundo, dentre eles: Le Bristol, em Paris; Hotel du Cap-Eden-Roc, no Cabo de Antibes; Hotel Eden Rock, em St Barths; Lanesborough, em Londres; Château Saint-Martin & Spa, na Provença; L`Appogée, em Courchevel; Brenners Park- Hotel, em Baden Baden; Fregate Island Private , nas Seychelles, Palácio Tangará, em São Paulo e a mais recente aquisição, Jumby Bay Island, em Antigua e Barbuda com abertura prevista em 09 de Outubro.

Editora Todas as Musas anuncia o lançamento de "Contando e Recontando Histórias" de Elisabete Pezzo Spiniello

Divulgação


Para adquirir, acesse o link da Livraria da Editora em:


Para mais informações, escreva para:

Conheça também nosso INSTAGRAM

Logo: Divulgação



quinta-feira, 19 de outubro de 2017

M A S P - Histórias da Sexualidade

Divulgação

Conferência com Tiago Amorim no Solar do Rosário-Por que precisamos da ficção?

Divulgação

Momento com a artista Katia Velo no Marbô Bakery

 Katia Velo no Marbô Bakery. 
Crédito Gabriele Velo

 EXPOSIÇÃO “FLORES E CORES” DE KATIA VELO

 A artista plástica Katia Velo e a curadora do Marbô Bakery Kézia Talisin. 
Crédito: Divulgação


Acontece até 05 de novembro, no Marbô Bakery  (Rua Dr. Faivre, 621 – Centro, Curitiba – PR) a exposição “Flores e Cores” da artista plástica, colunista cultural e professora de arte Katia Velo. A exposição faz parte das atividades desenvolvidas pela Campanha #doeumaflor. Na última quarta, 18, aconteceu o Momento com a Artista. Os visitantes tiveram a oportunidade de escolher várias opções oferecidas pela casa, entre elas, o Festival Bom Gourmet assinado pelo Chef Marcos Bortolozo.  A curadoria tem a assinatura da artista plástica Kezia Talisin.
Atendimento: de terça à sábado, das 11h às 22h e domingo das 10 às 16h. Reservas: (41) 3121-1547 ou pelo site www.marbobakery.com.br

 Katia Velo e Gladys Haluch (AAMA). 
Crédito Divulgação


 A psicóloga  Maria Marta Ferreira e Katia Velo. 
Crédito Marcos Rosa Filho


 
MAIORES INFORMAÇÕES:

Sobre Katia Velo
Natural de São Paulo – SP, professora de arte, colunista, fotógrafa, curadora e consultora cultural, artista plástica, ensaísta, assessora de comunicação e palestrante.  Especialista em História da Arte Moderna e Contemporânea pela EMBAP (2007); realizou cursos de Especialização em Educação pela USP (1992-1994); bacharelada e Licenciada em Letras – Faculdade Anhembi/Morumbi – SP (1991). Possui em seu currículo, mais de 15 exposições individuais e 150 coletivas, além de premiações em Salões. Desde 2007 é diretora de Comunicação da APAP/PR. Exerceu na Secretaria Municipal de Cultura de São José dos Pinhais os cargos de chefia na divisão de música, literatura e artes plásticas e assessora e curadora, respectivamente em 2004 e 2013. Desde 2014 assina coluna na “Folha da Mulher”. Há doze anos assina a coluna virtual cultural www.katiavelo.com.br .

Sobre a Exposição “Flores e Cores”
Em suas exposições, a marca da artista Katia Velo é o uso dos motivos florais, das formas curvilíneas e orgânicas com forte apelo ornamental e cores vibrantes. Vários artistas a influenciam, Matisse, Aldemir Martins, Beatriz Milhazes, Frida Kahlo.  Katia Velo se identifica com a artista mexicana Frida Kahlo, pois nasceram no mesmo dia, 06 de julho. Frida chamava atenção pelos penteados exóticos. Geralmente usava os cabelos presos por tranças no alto da cabeça, decoradas com fitas e muitas flores de vários tipos. Ela indubitavelmente amava flores, tanto que disse: “Pinto as flores, assim elas não morrem”.
 “As cores são para Katia Velo uma forma de expressão e, acima de tudo, de diálogo com o mundo, por meio de seu trabalho, ela permite que se pense a cor não apenas como uma manifestação perceptível ao olhar, mas como uma interpretação da realidade”. Destaca Oscar D’Ambrosio, doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie e mestre em Artes pelo Instituto de Artes da Unesp.

Sobre a Marbô Bakery
A construção data de 1953 e tem a assinatura do arquiteto Lolo Cornelsen. Em estilo modernista tem como destaque uma grande fachada vermelha e possui estrutura em linhas retas. Hoje funciona como restaurante, confeitaria e padaria e ficou conhecida como Residência Belotti, em localização privilegiada, no centro de Curitiba. A união entre arquitetura, gastronomia e arte sob o comando do Chef Marcos Bortolozo tornam o momento único seja para experimentar petiscos, massas, risotos, lanches, doces e cafés.  Outro diferencial do local são as obras de arte em vários espaços da residência e as exposições mensais sob a curadoria de Kezia Talisin.

SERVIÇO:
Exposição “Flores e Cores” de Katia Velo
Local: Marbô Bakery
Endereço: Rua Dr. Faivre, 621 – Centro, Curitiba – PR
Período expositivo: de 03/10 a 05/11/2017
Horário de atendimento: terça a sábado das 11h às 22h
E domingo das 10h às 16h
Valet: das 11h30 às 15h e das 18h às 22h. Valor: R$ 20,00
Convênio com estacionamento das 11h às 22h inclusive domingo.
Telefone: (41) 3121-1547 / 99871-0176
Site: www.marbobakery.com.br

Forum Model inova e impulsiona até o turismo na capital paranaense

Divulgação


Para a empresa, não basta formar new faces. Ela fomenta o segmento do mundo da moda e traz personalidades à Curitiba para complementar o trabalho.

Atuando no mercado curitibano desde 2014, a Agência Forum, liderada pelo empresário Guilherme Schneider, tem revolucionado o mercado de modelos no Brasil. “Visamos uma gestão pós-moderna de negócios e pessoas. Por isso, a criatividade e o desenvolvimento de pessoas – antes de serem modelos – é nosso maior objetivo”, frisa o diretor da empresa.

Para tanto, a Forum aplica novos conceitos para seus alunos e, também, para futuros clientes da agência, que lotam os eventos promovidos pela empresa, incentivando inclusive o turismo curitibano, pois a plateia vêm de todos os lugares do Brasil.

No último ano, personalidades do mundo da moda desfilaram pela capital do Paraná. “Mais que trazer pessoas de destaque neste mercado do eixo RJ-SP, bem como de outras partes do país, queremos que o nosso casting tenha cada vez mais conhecimento do mercado”, explica Schneider.

Toda essa preocupação gera um investimento nos modelos da Forum. Nomes como Namie Wihby, o mago da elegância e do salto alto; Paulo Zulu, que se destacou no mundo na moda por sua beleza e simplicidade; Ana Botafogo, que ministrou curso sobre postura e expressão corporal e Monica Monteiro, ex empresária da top model Gisele Bündchen e diretora da divisão de modelos da agência americana IMG (International Management Group) passaram no último ano pela Forum, além do ícone da moda e digital influencer, Mônica Salgado, uma personalidade do mundo da moda e editorial, com mais de 17 anos focada no universo feminino. “Estes cursos e workshops são importantes para que os nossos modelos conheçam a trajetória e segredos destas personalidades do mundo da moda”, diz o empresário, que não poupa esforços para formar um casting completamente diferenciado.

Muito mais que capacitação de modelos, o grupo Forum também impulsiona na capital paranaense vários setores ligados à moda. “Somos uma ponte para lojas, maquiadores, fotógrafos, designers de moda e locações para editoriais de moda”, explica Schneider, mostrando o quanto a marca é referência no segmento. Ele explica que fazer moda não é somente formar modelos, é designar e acompanhar todo o processo criativo que envolve o tema. “Este setor é muito amplo e envolvente, e precisamos garantir que nosso casting esteja sempre cercado dos melhores profissionais e das marcas que oferecem qualidade e criatividade”, finaliza o diretor da Forum.

SERVIÇO
Forum Model e Forum School

Telefones: (41) 3077-7288 / 99748-1186

Finalista do Grammy Latino, Rael se apresenta em Curitiba

Divulgação

O rapper, dono do sucesso “Envolvidão”, sobe ao palco da Wood’s no dia 25 de outubro

Na próxima quarta-feira, dia 25 de outubro, o cantor Rael, um dos nomes mais expressivos do rap e do hip hop nacional, desembarca na capital paranaense. Indicado ao Grammy Latino pelo álbum “Coisas do Meu Imaginário”, lançado no ano passado, o artista chega a cidade para apresentar toda a sonoridade do seu novo show no palco da Wood’s Curitiba.

Natural da zona sul de São Paulo (SP), Rael começou a construir sua história no rap, há cerca de 15 anos atrás, com o grupo Pentagono. Em 2010 decidiu apostar na carreira solo com o lançamento do disco "MP3 - Música Popular do Terceiro Mundo". O trabalho lhe rendeu o reconhecimento no cenário musical brasileiro e internacional garantindo apresentações em renomados espaços de países como Canadá e Estados Unidos. Com composições que abordam amor, política, drogas e críticas sociais, Rael consagrou seu trabalho entre os mais populares e aclamados do gênero chegando a se apresentar ao lado de Elza Soares na última edição do Rock in Rio.

O show na Wood’s Curitiba promete refletir o estilo único de Rael, com muitas influências do reggae, samba, mpb e pop. O repertório será composto pelos maiores sucessos e canções que fazem parte da história do rapper, como “Envolvidão”, “Rouxinol” e “A chapa é quente”.

O show será realizado na Wood´s Curitiba (Rua General Mário Tourinho, 387 – Seminário), a partir das 22h30. Os ingressos estão disponíveis a partir de R$20 com nome na lista do evento. Mais informações, no site www.woodsbar.com.br, pelo telefone (41) 3087-9050 ou na página oficial da Wood’s Curitiba no Facebook.

Alex Flemming inaugura intervenção “Anaconda” na Casa-Museu Ema Klabin

 A partir de 28 de outubro, o artista por trás dos rostos anônimos do Metrô Sumaré apresenta mostra gratuita na Casa-Museu . Na abertura da exposição, Flemming também participa de um bate-papo sobre seus trabalhos


Crédito da foto: Henrique Luz

O artista plástico Alex Flemming, que ficou nacionalmente conhecido após a instalação de rostos anônimos em painéis de vidro sobrepostos por poemas brasileiros na Estação Sumaré do Metrô de São Paulo, inaugura dia 28 de outubro a intervenção com a série “Anaconda” na Casa-Museu Ema Klabin. A mostra, inédita no Brasil, compõe-se da apropriação artística de treze tapetes persas, de variados tamanhos, incluindo pequenos tapetes de oração, sobre os quais Flemming introduz a pintura de uma cobra.

As serpentes, de forte valor simbólico, são pintadas com tratamento cromático que estabelece um inquietante diálogo com as tramas coloridas, ou seja, com a padronagem dos tapetes. Em certas obras, as serpentes se destacam do tecido e se sobrepõem a ele, estabelecendo contrastes de forma e de cor; em outras, elas se mimetizam no território das tramas, se mostram mais traiçoeiras e se encontram disfarçadas em seu ambiente, pois suas cores e seus desenhos se assemelham às cores e aos padrões dos tapetes.



Com entrada gratuita, a instalação Anaconda ocupa todos os ambientes da Casa-Museu Ema Klabin: hall, galeria, salão, sala de jantar, quarto principal e quarto de hóspedes. A exposição fica aberta para visitação até dia 17 de dezembro.  A mostra faz parte da série Intervalo Contemporâneo, que convida artistas para criarem trabalhos que interfiram no ambiente interno da casa. Os trabalhos instalados neste espaço são um contraponto para a coleção adquirida por Ema Klabin, inserindo o debate de uma produção contemporânea no percurso da visita, abrindo espaço para esse intervalo abranger uma diferente experiência e possibilitar um novo olhar frente essa coleção e suas interferências.
Na abertura da exposição, das 14h às 15h,  Flemming também participa de um bate-papo sobre seus trabalhos pela série Arte-Papo, da Casa-Museu Ema Klabin que leva artistas contemporâneos para falar sobre sua arte.  

Serviço:
Exposição  Alex Flemming  - Intervalo Contemporâneo
Data: 28/10/2017 à 17/12/2017
Horário: das 14h às 18h
Arte-Papo com o artista  - Dia 28/10/2017 das 14h às 15h - sem inscrição
Coordenação Artes Visuais: Renê Foch
Coordenação Geral: Paulo Costa
Local: Casa-Museu Ema Klabin
Entrada Gratuita

Sobre Alex Flemming

 “Ser artista é aceitar o desafio de se expressar diferentemente conforme a vida evolui”, diz Alex Flemming. Filho de um piloto e de uma aeromoça, ele é um cidadão do mundo. Frequentou o curso livre de Cinema da FAAP e o curso de arquitetura e urbanismo da FAU/USP, o artista surgiu no meio artístico nos anos 70, com gravuras sobre o cotidiano e contestação sócio-política. Iniciou intensa dedicação à pintura quando ganhou bolsa de estudos da Fundação Fulbright e cursou o Pratt Institute de Nova York. Atualmente, Flemming mora na Alemanha, mas visita sempre o Brasil.

Do lixo ao luxo

Divulgação

Empresa curitibana é a primeira do Brasil a criar uma linha de móveis exclusiva desenvolvida com cordas ecológicas produzidas com PET

Há mais de 50 anos, surgia em Curitiba a GS Fibras Naturais, uma das principais empresas brasileiras do mercado de mobiliários Premium. Já consolidada no Brasil e em outros países do mundo, entre eles os Estados Unidos, a empresa resolveu inovar e criou uma linha ecológica exclusiva, com móveis desenvolvidos artesanalmente com corda ecológica, produzidas a partir da reciclagem de garrafas PET.

O PET (Poli Tereftalato de Etileno) é um plástico utilizado tradicionalmente em garrafas de refrigerantes, aguas e sucos. Mesmo com a aparência frágil, ele é de difícil degradação, o que acaba gerando grandes problemas para o meio ambiente. Por outro lado, sai matéria-prima pode passar por uma limpeza especial e ser reaproveitada para a criação de outros produtos. Pensando no bem do Planeta, a GS Fibras Naturais foi a primeira empresa brasileira a fabricar uma linha inteira de móveis com cordas PET, que utiliza em sua fabricação 100% de material proveniente de garrafas PET recicladas. Para produzir 1kg de corda PET, são tiradas da natureza 20 garrafas PET de 2 litros.

“Derivado do poliéster, o PET apresenta um alto grau de resistência, além de ter baixa elasticidade, o que o qualifica como um dos melhores materiais para utilizar na fabricação de cordas para amarração. Nossas cordas são testadas em laboratórios e possuem laudo técnico que atestam sua capacidade à ruptura, indicado qual é seu limite e garantindo um produto de qualidade para o consumidor”, explica Vitor Stival, diretor da GS. 

No total, a Linha PET da GS Fibras Naturais apresenta quase 50 peças exclusivas, entre elas o Puf Rosembaum, desenvolvido pelo designer Marcelo Rosenbaum, peça que recebe 60 garrafas PET em sua produção. Outros destaques da linha, disponíveis em várias cores, ficam por conta da das cadeiras Cottagge e Sarah; das poltronas Catarina, Cozumel, Gala, Sunshine, Umbrella, Lacada e Princess; dos pufs Max e Audi; da mesa de centro Val; e da espreguiçadeira Polo.

“Todas essas peças são montadas manualmente para garantir a máxima qualidade. Além das cordas ecológicas, nossos produtos são desenvolvidos com madeiras licenciadas, tudo para garantirmos a sustentabilidade dos nossos produtos e, principalmente, para contribuirmos para um mundo melhor para todos”, completa Vitor.


Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho da empresa curitibana, que está presente nas principais multimarcas do país, acesse o site www.gsmoveis.com.br.

Brazilian IPA Goiaba é lançada oficialmente para a região sul no Lounge Batel

Divulgação

60 litros da cerveja vencedora do 6º BeerMatch estarão à venda a partir desta quinta-feira (19/10)

Os apaixonados por cerveja não podem perder a oportunidade de experimentar a novidade que chegou em Curitiba: a vencedora do 6º BeerMatch, Brazilian IPA Goiaba. Pré-lançada no Mondial de la Bière, no Rio de Janeiro, a cerveja pode ser degustada a partir desta quinta-feira (19/10) no Lounge Batel.
A Brazilian IPA Goiaba é um produto da Cervejaria Barco Brewers. Com coloração quente, em tom alaranjado, seu aroma é composto por notas cítricas, florais e frutas tropicais. O sabor equilibra o doce da goiaba com a acidez da cerveja e as notas cítricas do lúpulo.
“Estamos muito contentes e honrados pelo Lounge Batel ter sido o lugar escolhido para lançar a cerveja na região Sul.  Criativa e exótica, seu sabor vai surpreender os clientes”, afirma Bruno Mattana, um dos sócios da Lounge Batel.
Para o lançamento, o complexo de entretenimento recebeu 60 litros do rótulo, que serão vendidos por ml e pagamento via cartão pré-pago, deixando o cliente livre para escolher e controlar o quanto e como quer sua bebida. 
Quem quiser degustar a novidade o Lounge Batel funciona a partir das 18h. Informações pelo fone (41) 99258-3960, e-mail social@loungebatel.com.br, site www.loungebatel.com.br e facebook.com/loungebatel .
Lounge Batel
(41) 99258-3960 | www.loungebatel.com.br

Insta: @loungebatel | www.facebook.com/loungebatel

Galeria das Lonas apresenta a Linha Ana

Divulgação

By Paulo Alves, a coleção faz parte dos novos móveis da loja


Assinada pelo designer Paulo Alves, a Linha Ana é primeira na qual a madeira não é 100% a protagonista. A novidade em madeira cumaru e alumínio, disponível para venda na Galeria das Lonas, ganha destaque pela simplicidade na estrutura metálica, com perfis iguais, cortados em dimensões modulares formando a base do sofá, que se desmembram em poltrona e mesa lateral.
A madeira não poderia ficar de fora, a matéria-prima que Paulo Alves trabalha incessantemente ao longo dos anos, também faz parte da linha, mantendo a identidade do designer nas peças. Os detalhes dos braços formam um desenho orgânico, contrastando com as cores e estampas do estofado. Para personalizar ainda mais a linha, o alumínio também pode ter o acabamento nas cores branco, marrom, champagne, preto, marrom courten, azul marinho, vermelho e prata.
Os móveis da Linha Ana já estão disponíveis para venda na Galeria das Lonas, que atende encomenda de todo o Brasil.

Última semana para se inscrever em laboratórios gratuitos de arte pública

Imagem: Divulgação

Priorizando diversidade, coletividade e troca na criação de ações de artes visuais, o projeto Criaturas Urbanas terá sua primeira edição no Recife em novembro. Interessados em participar têm até segunda (23/10) para se inscrever

De 6 a 15/11, o Recife sediará a primeira edição do projeto Criaturas Urbanas, que tem como objetivo realizar um conjunto de atividades artísticas em espaços públicos da capital pernambucana. Ao longo de dez dias de vivência em quatro laboratórios de experimentação que reunirão artistas e não-artistas, serão concebidas e executadas ações de artes visuais como intervenções urbanas, performances e vídeos, entre outros formatos. Interessados em participar têm até a segunda (23/10) para se inscrever em um dos quatro laboratórios disponíveis:

1 - Ambulante Interativo Engenho
Com os artistas Biarittzz, Fernando de Pádua, Ricardo Brazileiro e a Rádio Aconchego (Maria Magú e Gus Cabrera), o núcleo desenvolverá propostas de intervenções públicas e coletivas a partir do contato com grupos que já atuam na cidade. Inscrições:https://goo.gl/forms/YxwaJllvHtoqnBBI2
2- Transmissões – aRtivismo. Narrar-se é Criar-se.
Com os artistas Chico Ludermir, Maria Clara Araújo e Virgíniade Medeiros, o núcleo abordará a narrativa a partir das diversas formas que o corpo permite – com a fala, com a dança, com o grito, com o choro, com os olhos e com o silêncio. Inscrições:https://goo.gl/forms/BFX1KBPj7Ikhkxx73
3 - Meditação Crítica ou 4UADRILHA ou Tá Môco?
Com a curadora Ana Luisa Lima, o artista Maurício Castro e a jornalista Tati Diniz, o núcleo abordará processos contemporâneos de emissão de mensagens gerando uma coleção de lambe-lambes inéditos. Inscrições: https://goo.gl/forms/dqI8zXWwYyRwZths2
4 - Barrocada: Quando é que a Casa Caiu?
Com o Coletivo Carne (Iagor Peres e Jorge Kildery) e os artistas Lourival Cuquinha e Ronald Duarte, o núcleo apresentará um panorama de artistas e coletivos que desenvolvem projetos em espaços públicos, trazendo reflexões sobre as cidades e como vivemos nelas.


Criaturas Urbanas é um projeto coordenado por Rosa Melo, Lia Letícia, Adah Lisboa e Luciana Padilha e tem incentivo do Funcultura. Todas as atividades são gratuitas.

Imágicas - Os livros encantados de Luiz Antonio Aguiar ilustrados por Márcia Széiliga


Imágicas - Os livros encantados de Luiz Antonio Aguiar, ilustrados por Márcia Széiliga, é uma exposição das ilustrações originais feitas para 7 livros do autor, que são: João e Maria de Barro, O Sino que queria voar, O Gigante Pequenininho, A Bruxinha que ficou doentinha, publicados pela Editora Record, Dona Revirada, publicado pela Melhoramentos, Vovô vai para as estrelas, pela Editora Dimensão e Liberdade para as fábulas, Brinque Book Escarlate. Tragam as crianças!!!


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Memórias e Perspectivas pela Editora Todas as Musas e o Curso de Letras da UNIPAMPA

Divulgação

Para adquirir, acesse o link da Livraria da Editora em:


Para mais informações, escreva para:


Conheça também nosso INSTAGRAM

Logo: Divulgação

Um dos mais renomados covers dos Beatles se apresenta em Curitiba


Os argentinos do The Beetles se apresentam no dia 19 de outubro no Teatro Regina Vogue.

Divulgação



O grupo The Beetles, considerado um dos melhores covers dos Beatles da América Latina, se apresenta em Curitiba na quinta-feira (19/10), no Teatro Regina Vogue. Os músicos vão recriar os momentos mais memoráveis dos quatro garotos de Liverpool no palco, interpretando suas músicas, figurino e instrumentos.

Os ingressos estão à venda no Disk Ingressos ou na bilheteria do Teatro Regina Vogue, no piso L2 do Shopping Estação.

The Beetles
Data: Dia 19/10 às 20h30
Local: Teatro Regina Vogue - Shopping Estação
Ingressos: À venda pelo site do Disk Ingressos www.diskingressos.com.br, nas bilheterias do Disk Ingressos ou do teatro Regina Vogue
Valores: Plateia Premium R$ 100 (inteira) R$ 50 (meia-entrada) Plateia R$ 80 (inteira) R$ 40 (meia-entrada)
Classificação: Livre

Shopping Estação
Av. Sete de Setembro, 2.775, Rebouças - Curitiba (PR)
(41) 3094-5300

As cores e as suas influências

Divulgação

Especialista dá dicas de como usar cores e combinações a nosso favor

As cores podem ter interpretações diferentes de cultura para cultura, mas todas têm um significado e possuem grande influência no estado de espírito, humor e astral. A consultora de Comportamento Profissional e de Etiqueta Social, Maria Inês Borges da Silveira, professora do ISAE – Escola de Negócios, ensina como podemos tirar o melhor proveito das paletas de cores.

Segundo a especialista, a cor da pele e do cabelo determinam a escolha das cores para o vestuário, podendo deixar a pessoa mais radiante ou clean. Cores quentes aproximam, como é o caso do vermelho, do laranja e do amarelo. As cores frias têm o efeito de distância e repouso, como exemplo os tons de azul, verde e rosa. As cores neutras, como o preto, branco, marfim, gelo, pérola, palha ou areia, combinam com tudo. “Para criar harmonia, é interessante usar no máximo três cores em uma composição. O efeito fica ainda melhor quando duas cores são neutras”, explica.

Além da diversidade de tonalidades, há opções em tecidos, rendas, couros, malhas e padronagens geométricas que podem ser mescladas para compor um look equilibrado. Bom senso é a palavra chave na hora de criar um visual com estilo, sendo o clean o mais elegante. A seguir, a profissional lista o ideal, e o que deve ser evitado, ao usar cores e padronagens a seu favor:

- Tecidos com estampas graúdas, como xadrezes e poás, marcam, chamam atenção e engordam;
- Tecidos com estampa felina, presentes em looks modernos e despojados, não são indicados para o trabalho, pois dão conotação de sensualidade;
- Tecidos lisos compõem mais fácil com diversos tipos de acessórios. O esquema monocromático (diferentes tons da mesma cor) é o mais seguro;
- No trabalho as cores indicadas são as discretas e neutras que não chamem atenção. Pode-se dar um toque no visual usando detalhes coloridos em bolsas, sapatos, lenços, echarpes, etc;
- Preto ou azul marinho com branco ou vermelho são combinações que sempre funcionam muito bem;
- Investir em opostos complementares é a chave para combinar cores fortes, e a dica para equilibrar a produção é usar a cor nude, palha, castor ou terra;
- Tons delicados fazem mix sem restrição, mas pedem contraponto com uma peça de cor vibrante para dar vida à produção;

- O floral retrô miúdo, quase sempre presente no gênero Esporte ou Esporte Fino, com o máximo de três tons ou monocromático são elegantes.

4ª edição da Semana Balaclava reúne nomes de destaque da cena criativa nacional em Florianópolis

Divulgação

Maior evento de criatividade do sul do País vai promover bate-papos, workshops, feira gráfica e festas ao longo de sete dias
Maior evento de criatividade do sul do País, a Semana Balaclava vai reunir uma galera de peso da cena criativa nacional entre os dias 6 e 12 de novembro, em Florianópolis. Nomes como o tatuador Lucas Milk, João Gordo, Eliane Dias (empresária dos Racionais Mc’s), Evandro Fióti (Laboratório Fantasma), o rapper Rico Dalasam, as gêmeas Tasha e Tracie Okereke (Expensive $hit) e muitos outros estarão juntos e misturados na 4ª edição da Semana para trocar ideias com o público sobre processos criativos, representatividade na moda, protagonismo feminino, cultura de rua, design, música, skate, tattoo e muito mais.  
O evento, que já tem programação definida no site, também vai promover festas, feira gráfica e workshops sobre branding, produção de vídeo, design de produto, ilustração para moda, serigrafia e outros temas relacionados a design, economia criativa e produção de conteúdo. “O objetivo da Semana é reunir pessoas que atuam em diversos nichos para trocar ideias e fomentar a economia criativa em Santa Catarina, gerando engajamento através da integração. Tudo no melhor estilo reunião de mesa de bar com os amigos”, diz Fabrício Faustin, organizador da Semana e diretor de criação do Balaclava, estúdio de design gráfico com foco em projetos de moda, música e cultura.
Feira Gráfica Balaclava
Sob a curadoria do Balaclava Studio, artistas plásticos, designers e ilustradores vão expor seus trabalhos na Feira Gráfica Balaclava. Nesta edição, o segmento editorial também será destaque. Nomes como João Gordo, que publicou o “Viva La Vida Tosca” no ano passado, e Facundo Guerra, conhecido como “o dono da noite paulistana” e autor de “Empreendedorismo para subversivos”, vão expor seus livros na Feira. O evento, que acontece na ACATE e tem entrada free, já recebeu cerca de 2 mil visitantes e mais de 50 artistas em edições anteriores.
Girlz Talk
O protagonismo feminino será uma das marcas da Semana. Elas vão conduzir painéis, ministrar workshops e estarão no Girlz Talk, um encontro gratuito voltado exclusivamente para mulheres mediado por Cristine Larissa Clasen, do Balaclava Studio, que tem o intuito de promover o compartilhamento de ideias e experiências. Na sequência rola a Girlz Talk Party no Blues Velvet, das 23h às 03h.
Sobre o organizador
Com foco em jobs de desenvolvimento de identidade visual e branding, estamparia, cartazes, projetos gráficos e editoriais, o Balaclava Studio reúne em seu portfólio trampos para marcas e negócios como Akomplice (EUA), ÖUS Brasil (PR), Storvo (SP), Novelo Filmes (SC), Grupo Cena 11 Cia. de Dança (SC) e outras.
Serviço
Quando:  6 a 12 de novembro
Onde:  ACATE (SC-401, Km 04, S/N, Saco Grande) e Unisul (Rua Antonio Dib
Musse, 336, Centro). O local do Girlz Talk ainda será definido.
Quanto: workshops
(R$ 180), painéis Papo Reto (R$ 20 meia, R$ 40 inteira) e combos para todos os eventos de cada dia do finde (R$ 50 meia, R$ 100 inteira). Girlz Talk e Feira Gráfica Balaclava, entrada free. Para ver os valores das festas, basta acessar o site do evento.

Programação completa dos sete dias em www.semanabalaclava.com.br

Galeria Almeida Prado

Imagem: Divulgação

A galeria surgiu em 2007 em Brasília e expõe mobiliário inspirado nos anos 1940, 1950, 1960 e 1970, gravuras, antiguidades, objetos de restauração e peças exclusivas de artistas como Volpi, Oscar Niemeyer, Tomie Ohtake, Athos Bulcão, Sérgio Rodrigues, Jorge Zalszupin e Michel Arnoult.

Por acreditar que o mercado das artes poderia gerar mais frutos em São Paulo, Fábio Almeida Prado, idealizador da galeria que carrega seu sobrenome, decidiu mudar o espaço de endereço. O local escolhido foi a altura 2096 da Rua Estados Unidos, no Jardim América.

Centro Europeu lança especialização em fotografia autoral

Crédito: André Rodrigues

A atividade, que está com inscrições abertas, vai ensinar como compor todas as etapas de um projeto fotográfico

O tradicional curso de fotografia do Centro Europeu, uma das principais escolas de profissões da América Latina, supervisionado pelas fotógrafas Tânia Buchmann e Charly Techio, acaba de lançar o inédito curso de especialização “Fotografia autoral e desenvolvimento de projeto”. A atividade vai tratar do planejamento e estruturação de um projeto fotográfico autoral documental ou de arte, desde a idealização até a finalização. As aulas serão ministradas por renomados profissionais brasileiros, como André Rodrigues, Margit Leisner, Henry Milleo, Jul Leardini e Milla Jung.

Com a intenção de detalhar cada fase do desenvolvimento de um trabalho fotográfico sem intenções comerciais, o curso vai orientar, de forma prática e interativa, como realizar todo o processo de construção de conceito e produção, desde definição do tema, até a edição e montagem de portfólio. A atividade terá duração de quinze encontros, que serão realizados aos sábados a partir do dia 21 de outubro. O curso contará ainda com participação de diversos fotógrafos convidados, entre eles Alexandre Mazzo e Isabella Lanave.

Voltado para estudantes, fotógrafos iniciantes e demais profissionais interessados que possuam conhecimento prévio em fotografia, o curso vai abordar o conceito de fotografia documental e fotografia em arte contemporânea e apresentar conteúdo baseados no processo criativo de elaboração para a concepção de ensaios autorais de fotografia. Além disso, os participantes aprenderão o processo de curadoria e montagem de exposição. Ao final da atividade, terão a oportunidade de expor os trabalhos produzidos durante a oficina em uma mostra organizada pelo Centro Europeu.


O curso terá início no dia 21 de outubro e será realizado na sede Batel do Centro Europeu (Rua Benjamin Lins, 999) aos sábados das 08h30 às 16h30. Mais informações pelo telefone (41) 3324-6669 ou no site www.centroeuropeu.com.br.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

M A S P - Escola

Divulgação

Livro de Marta Pérez Rodrigues é notícia na imprensa espanhola

Imagem: Divulgação


Entrevistada pela Agência espanhola EFE, Marta Pérez Rodrigues é notícia em vários veículos da imprensa espanhola.

Divulgação



Leia na íntegra em:



Para adquirir, acesse o link da Livraria da Editora em:


Para mais informações, escreva para:


Veja as fotos da palestra de lançamento no Instituto Cervantes que contou com a participação da
Profa. Dra. Marta Pérez Rodriguez,
do Prof. Dr. Antonio Dimas (Professor de Literatura Brasileira da USP),
da Profa. Ms. Aline Nicolau,
da Profa. Ms. Denise Chammas
e do Prof. Dr. Flavio Botton, editor da Todas as Musas.



Divulgação










Centro Europeu promove workshops para crianças durante o feriadão

Divulgação

Os pequenos terão a oportunidade de aprender sobre drones, música e gastronomia

O Centro Europeu, uma das principais escolas de profissões e idiomas da América Latina, preparou uma programação especial de feriado totalmente dedicada ao público infantil. Nos próximos dias 12 e 13 de outubro, quinta e sexta-feira, a instituição vai promover o Centro Europeu Kids, uma programação exclusiva composta por três workshops: Drone Kids, Long Live the Kids e Gostosuras Saudáveis.

Durante as atividades, as crianças terão a oportunidade de conhecer o funcionamento e entrar em contato direto com um drone, aprender sobre a produção e os diferentes gêneros musicais, além de preparar receitas de comidinhas saudáveis de forma dinâmica e descontraída. Destinado a crianças de 07 a 12 anos, as oficinas serão comandas por professores e especialistas do Centro Europeu. Com foco na criatividade e colaboração, o objetivo é utilizar a tecnologia, música e gastronomia para estimular os participantes a adquirir novas práticas  e conhecimentos, proporcionando uma experiência educativa e divertida para os pequenos.

Os Workshops serão realizado nas sedes do Centro Europeu no bairro Batel (Rua Benjamin Lins, 999) e na Sede Gourmet (Al. Princesa Isabel, 1.300),  das 14h às 17h. As inscrições são limitadas, custam R$ 85 (para os dois dias)  e podem ser realizadas pelo telefone (41) 3233-6669. Mais informações no sitewww.centroeuropeu.com.br.


EXPOSIÇÃO “A CONSTRUÇÃO DO PATRIMÔNIO” APRESENTA REFLEXÃO SOBRE A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO NO BRASIL

Fotografia/Ação Ensacamento (1979)
3Nós3 (Mario Ramiro, Hudinilson Jr. e Rafael França) -  Monumento Graça I / Victor Brecheret


Caixa Cultural Rio de Janeiro reúne mais de 150 obras de importantes acervos brasileiros


A CAIXA Cultural do Rio de Janeiro recebe, de 25 de outubro a 22 de dezembro de 2017, a exposição "A Construção do Patrimônio", que apresenta mais de 150 obras entre documentos raros, quadros e esculturas, montando um panorama de importantes momentos da história das políticas públicas de preservação do Brasil, além dos desafios que envolvem a expansão do conceito de patrimônio. O projeto tem curadoria de Luiz Fernando de Almeida, ex-presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), e patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

Realizada pelo Instituto Pedra, a mostra faz parte da programação das comemorações dos 80 anos de existência do IPHAN, uma das mais longevas instituições públicas brasileiras e a primeira dedicada à preservação e promoção do patrimônio cultural na América Latina.

A exposição é dividida em 12 ambientes. Dentre o acervo exposto, destacam-se registros e obras de Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Lúcio Costa, Marcel Gautherot, Germano Graeser, Eric Hess, Oscar Niemeyer, Pierre Verger, Mestre Vitalino e uma réplica de Aleijadinho. Além de importante acervo documental do IPHAN do Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco, a exposição conta ainda com obras do Museu Histórico Nacional, Música Nacional de Belas Artes, Instituto de Estudos Brasileiros (IEB-USP), MASP, Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP), Casa Juscelino Kubitschek, entre outros.

“Uma reflexão sobre a ideia de patrimônio poderá ser uma das mais potentes metáforas dos brutais desafios que vivemos no nosso tempo, diante da dificuldade e necessidade de projetar o nosso futuro”, afirma o curador Luiz Fernando de Almeida.

No dia 26 de outubro (quinta-feira), às 18h, Luiz recebe o público para uma visita guiada à exposição seguida de um debate com a ex-presidente do IPHAN Jurema Machado. Após a temporada no Rio, a CAIXA Cultural de São Paulo receberá itinerância da mostra a partir de janeiro de 2018.
 
***Fotos para download no link: https://goo.gl/wWLL7r


Instituto Pedra:
O Instituto Pedra é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos baseada em São Paulo. Fundado em fevereiro de 2013, o instituto desenvolve projetos no campo do patrimônio cultural.  Seu objetivo é realizar intervenções e leituras que valorizem este patrimônio, gerando conhecimento com enfoque integrado e considerando as suas dimensões simbólica, material e territorial. Para mais informações, acesse o site www.institutopedra.com.br.

Ficha técnica:
Realização: Instituto Pedra
Curadoria: Luiz Fernando de Almeida
Curador-adjunto: Henrique Lukas
Expografia: José Luiz Favaro
Produção executiva: TZM Entretenimento (Marione Tomazoni)
Apoio: IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

Serviço:
A Construção do Patrimônio
Entrada franca
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Galerias 2 e 3
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Abertura: 25 de outubro (quarta-feira), às 19h
Visitação: de 26 de outubro a 22 de dezembro de 2017
Horário: de terça-feira a domingo, das 10h às 21h
Classificação indicativa: Livre
Acesso para pessoas com deficiência

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Design de Interiores no Solar do Rosário

Divulgação

M A S P - Seminários

Divulgações

Claudio Cupertino realiza exposição individual em Paris

Imagem: Divulgação


Artista mineiro radicado em Porto Alegre é o único brasileiro convidado a expor individualmente na 21ª edição do Salon International D’Art Contemporain do Louvre. Mostra apresenta obras inéditas da sérieMemórias, com técnica desenvolvida pelo próprio artista, aCupergrafia. Catálogo da exposição será lançado no dia 21 de outubro, em edição trilingue


Entre os dias 20 e 22 de outubro, o artista visual Claudio Cupertino realiza exposição individual no 21º Salão Internacional de Arte Contemporânea de Paris, que acontece no Louvre, no pavilhão destinado a mostras temporárias e feiras. Em Voo Diáfano da Cupergrafia no Louvre, o artista – único brasileiro a expor individualmente no Salão – apresenta dez obras inéditas da série Memórias, em que utiliza a cupergrafia – técnica desenvolvida pelo próprio artista, a partir da litografia.

Além das pinturas da série, a exposição apresenta duas instalações/performance, em que o artista “descola” a pintura da tela e a exibe sem suporte. Somam-se às obras, dois retratos da amiga Julia Coufal Willms, recentemente produzidos com as mesmas técnicas. No dia 21, acontece o lançamento de umcatálogo trilíngue (português, francês e inglês) sobre a obra de Cupertino.

Com curadoria de Cézar Prestes, as obras escolhidas para a exposição remetem às memórias de infância do artista e homenageiam também o pai da aviação, Santos Dumont. Utilizando tinta acrílica e folhas de ouro, Cupertino trabalha sobrepondo camadas de tinta para criar uma atmosfera diáfana em suas telas. Essa técnica, que o artista nomeou de cupergrafia, parte do processo básico da litografia e tornou-se a marca de seu trabalho. Os elementos figurativos da série Memórias são os aviões de papel, que remetem de uma forma lúdica e poética à infância humilde do artista, vivida no interior de uma pequena cidade de Minas Gerais. Ao mesmo tempo, os aviões de papel de Cupertino relacionam-se com os voos de Santos Dumont sobre Paris em 1901, quando o pai da aviação circundou a Torre Eiffel com seu dirigível. No que diz respeito ao seu processo de trabalho, Cupertino apresenta mais uma evolução: a pintura agora revela uma inusitada autonomia em relação à tela e ganha vida fora dela. “Inquieto, Cupertino agora questiona a materialidade da pintura e interage com sua criação, transformando essa pintura eventualmente em performance. (a pintura) Pode ser exibida repousando sobre o suporte ou centímetros à frente dele, revelando dois lados do mesmo fazer artístico – diversos e uníssonos ao mesmo tempo, um conjunto que se funde: matéria + arte, como corpo e espírito”, afirma o curador.

No ano que vem o artista vai ganhar um documentário sobre sua vida e obra, com direção e produção do cineasta Matheus Ruas, co-fundador da produtora StudioFly e documentarista do History Channel, autor do premiado documentário Guerra do Paraguai. As cenas finais do documentário sobre Claudio Cupertino serão gravadas em outubro, durante a exposição em Paris, pela equipe europeia. O lançamento está previsto para o segundo bimestre de 2018.

Claudio Cupertino nasceu em Viçosa/MG. Vive e trabalha em Porto Alegre/RS há 12 anos.
Entre as diversas exposições de que já participou, destacam-se: duas exibições no Salão Internacional de Arte Contemporânea do Louvre, Bienal de Veneza, Bienal da Finlândia, ArteBasel Miami e exposição na Sede da ONU em Nova York, onde recentemente recebeu o Prêmio Gold, concedido pela Organização da Nações Unidas.

Sua obra é conhecida em 18 países da Europa e também nos Estados Unidos.  O artista tem peças em galerias de Nova York, Miami, Paris, Londres, Berlim, Frankfurt, Roma e Viena, além do Brasil.
Seu interesse pela pintura começou na década de 1990, com pequenas impressões com pedras e esponjas, técnica que utiliza até hoje. Iniciou o processo de construção de sua identidade pictórica sobre papel e hoje pinta em tela, com a mesma poética. A cor passou a inundar as obras e sua paleta de tons faz parte determinante da sua identidade, seja em propostas com marcas contrastantes ou quase monocromáticas, onde a textura fala mais alto. Inquieto, Cupertino desenvolveu uma técnica própria a partir da litografia: a cupergrafia.
Um documentário sobre sua vida e obra está sendo produzido e dirigido pelo cineasta Matheus Ruas, co-fundador da produtora StudioFly e documentarista do History Channel, autor do premiado documentário Guerra do Paraguai. O lançamento está previsto para o segundo bimestre de 2018.

Sobre o Salon International d’Art Contemporain de Louvre
De 20 a 22 de outubro de 2017, o ART Shopping celebra a 21ª edição do Salão de Arte Contemporânea Internacional, que reúne cerca de 700 artistas e galerias de todo o mundo do mundo. Esta 21º edição é sinônimo de mais de 10 anos de exposições. Mais uma vez, o salão afirma seu DNA: acessibilidade para conhecer e adquirir obras de arte contemporânea de artistas de todo o mundo. Pintura, escultura, arte digital, fotografia e arte urbana são as linguagens apresentadas nessa edição, que deve atrair de 15.000 a 20.000 visitantes. http://www.artshopping-expo.com/

Serviço
Exposição Vôo Diáfano da Cupergrafia no Louvre, de Claudio Cupertino
Salon International D’Art Contemporain de Paris - Art Shopping Paris
Curadoria: Cézar Prestes
De 20 a 22 de outubro de 2017
Abertura para convidados: dia 20, sexta-feira, das 19h às 22h
Visitação: dia 21 (sábado), das 10h à 20h e dia 22 (domingo), das 10h à 19h
Ingressos: 10€ (inteira) / 7€ (reduzida) / entrada franca para estudantes e menores de 12 anos

Local: Carrousel du Louvre - 99, rue Rivoli, 75001 Paris

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

MARBÔ BAKERY EM NOVO HORÁRIO

 
Divulgação

A MarbôBakery, está com novidades a partir do mês de outubro. O espaço que tem a proposta de integrarrestaurante, confeitaria e padariacom produção exclusivamente artesanal,está com novo horário de funcionamento e claro, com novas opções no cardápio, inclusive no Brunch, servido aos finais de semana (sábados e domingos) e feriados.

NoBrunch, a refeição sem pressa e completa,é composta de pratos de café da manhã e de almoço elaborados pelo chef. Há uma mescla de antepastos, aperitivos, pães, geleias, pratos quentes e frios além de uma mesa exclusiva de doces e sobremesas servidos em mesa gastronômica além de pratos em mini porções no serviço ala carte. Estão inclusos dois sucos naturais, água aromatizada, café e chá pelo valor de R$ 69,00 por pessoa, não incluso o serviço. A equipe sugere fazer sua reserva. Através do site ou por fone.
 
A mesa gastronômica, à quilo (R$ 67,00) ou livre (R$ 56,90), preparada de terça à sexta-feira pode ser uma excelente opção para quem tem pouco tempo para almoçar. A indicação é reservar um período maior para degustar o menu Sugestão do Dia (couvert, entrada e prato principal), R$ 54,90. Lembre-se ainda da sobremesa! Boa pedida é a cheesecake de doce de leite com calda de frutas vermelhas, R$ 18,00 acompanhada de um espresso, R$ 4,80. Outras possibilidades são a Tarte Tatin, a Torta Tenerina, aCheesecake de chocolate branco, além das tarteletes.

O espaço é ideal também para café da tarde e você pode aproveitar e levar os pães de farinha orgânica e fermentação natural fresquinhos para casa.
Com o novo horário de atendimento, no menu fixo da Marbô, você pode escolher dentre sugestões tais como risotos, massas, grelhados, lanches e tapiocas. Fica a dica do Pão de Batata recheado com Pastrami (R$ 24,00) ou o Risoto de Pupunha de Morretes com mini legumes e castanha do Brasil (R$ 34,00). Na elaboração de todos os preparos oferecidos o chef priorizou criar alternativas para quem possui restrições alimentares. Se mesmo assim você precisar ajustar sua escolha, comunique ao atendente que a cozinha está preparada para fazer os ajustes possíveis.

Para comodidade é disponibilizado o serviço de valet com manobristae existem convênios com estacionamentos da região.
Acompanhe nossas mídias sociais e nosso site para saber da programação, inclusive das atividades para o final de ano.


SERVIÇO:
Local: MarbôBakery
Endereço: Rua Dr. Faivre, 621
Atendimento: de terça à sábado, das 11h às 22h e domingo das 10 às 16h
Reservas: (41) 3121-1547 ou pelo sitewww.marbobakery.com.br
Valet: das 11h30 às 15h e das 18h às 22h. Valor: R$ 20,00

Convênio com estacionamento das 11h às 22h inclusive.